04/09/2014

Não se pode ir longe, mas sempre se pode sonhar (Butterfly)



 Já parou para pensar na borboleta? Uma borboleta pode dizer muito, sem sequer uma palavra! Sempre que vejo uma, meio que instantaneamente me dá um sentimento tão bom, uma espécie de felicidade. Acho que a borboleta pra mim é isso (felicidade). Ela é um ser tão pequenino, frágil e simples, só que as mesmas características fazem com que ela seja grande na sua pequenez.

Elas também me lembram as flores. Não porque são atraídas por elas, mais porque parecem flores. Sim, flores, só que com asas para voar.. De todas as cores e espécies que se possa imaginar. Gosto de imaginar que nos assemelhamos a elas quando deixamos que a vida nos transforme de ‘’lagartas’’ em ‘’borboletas’’.

O que quero dizer é que podemos escolher viver essa liberdade. Como se essa escolha passasse a fazer de nós seres melhores, que irradiam beleza por onde passam. E não só espalham essa beleza, mas também a atraem de volta para si. Gosto de pensar dessa forma! O que é difícil pra mim, é perceber que no mundo há tanta gente que não veja tudo isso: a beleza, o amor, o mistério que está nessas pequenas (grandes) coisas. Como o toque de Deus em tudo, gestos de Amor de um Pai pelos filhos a quem tanto ama.

Como não pensar que por aí, no mundo, existem tantas "borboletas" presas em seus casulos (dentro de si) sem um pouco de coragem de sair, de voar, de encontrar um caminho, um sentido maior na vida (o amor). Penso nelas e imagino como seria bom que mostrassem ao mundo a beleza que possuem.. Como fariam a vida de alguns melhores.. Como mostrariam ás outras "lagartinhas" que  todos podem sim, se tornarem belas borboletas - belas do seu jeito, parecidas ás vezes, mais nunca iguais.

 Há um tempo oportuno pra tudo. Chegará o tempo em que após o período de transformação (metamorfose), ganharemos as mais belas asas, aí então teremos a coragem que necessitamos para deixar que todos vejam, aquilo que por muito tempo não pudemos mostrar. Por medo? Talvez.. Mas  consideremos que não é fácil, se ver em um momento ‘’lagarta’’ e no outro ‘’borboleta’’.

E é aí que a gente acaba percebendo que não dá pra guardar tanta beleza pra si; que precisamos sair e voar. Precisamos deixar que os outros vejam, para que, sendo esse alguém transformado, nos tornemos um exemplo vivo pra que outros tenham, também a coragem que necessitam. Quisera eu que ao me verem vivendo meu sonho, pudesse dar os outros, aquele sentimento de felicidade quem me vem toda vez que vejo uma borboleta.
   

2 comentários:

  1. Adorável, Yasmim! *-*
    Vou guardar no coração!


    www.princesasadoradoras.com.br

    ResponderExcluir

Inspiraflor | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2017 | POR:
NOS VISITEVIRANDO AMOR