19/01/2015

Princesa Adormecida (Paula Pimenta)

paulapimentaprincesaadormecida.png (1600×960)

Era uma vez.. Não Não, péra! Já faz alguns dias que terminei de ler Princesa Adormecida de Paula Pimenta, e desde que terminei a leitura, queria postar logo a resenha, mas tava meio sem ideia do que falar.. A verdade é que eu amei, amei de verdade mesmo esse livro.. Sei que o fato de ser apaixonada por romances - especialmente os de estilo conto de fadas - deve ter ajudado bastante, mas não foi só isso que me cativou, levando em consideração que eu estava mesmo na dúvida se gostaria do livro, justamente por ser o primeiro livro da Paula Pimenta que escolhi  pra ler.. E adivinhem o resultado? Eu não só gostei, eu meio que, me apaixonei!

Áurea Roseanna, 16 anos, separada dos pais (família real do reino de Linchestein), cujo pai é descendente de um principe. Mas quando Áurea nasce, desperta a inveja de uma mulher cruel -e apaixonada pelo pai da nossa princesa -, Marie Malleville. Ela tenta sequestrar a princesa ainda bebê, no batizado dela (e casamento do pai e da mãe de Auréa), só que o plano da bruxa falha, e ela ainda ameaça atrapalhar a vida da princesa - ou seja, ela não teria paz na vida, não poderia viver sua liberdade - até que completasse os 18 anos. Vista a situação, rei e rainha (mãe e pai de Áurea), resolvem forjar a morte da princesa, e  quando a pequena tinha apenas 5 aninhos , eles decidem que Áurea será criada pelos tios, os três irmãos da mãe, no brasil.


Agora Áurea é Anna Rosa.. Estuda em uma escola-internato. e passa os fim de semanas com os tios em casa. Os tios de Rosa a superprotegem, a coitada da da menina só vai da escola pra casa, de casa pra escola, e vise-versa. No aniversário de 16 anos, as amigas resolvem leva-la para uma fugidinha, digamos assim. Elas a levam pro shopping e a fazem escolher uma roupa de festa legal, de lá mudam o caminho, em vez de voltar pra escola-internato no horário que os tios de Rosa ligariam - eles não sabiam da fugidinha, pois as meninas disseram aos tios que fariam uma festa surpresa na escola - elas a levam pra uma baladinha, onde Rosinha conhece uma Dj (Cinderela, porque ela vive tipo um conto de fadas moderno com um carinha famoso que ela conheceu e que estão juntinhos até então) -  Ah, e essa DJ é uma parte importante da história, não esquece dela, não! -  ela toca sua música favorita,  como um presente de aniversário, e dá  a ela uma dica super legal sobre o amor:

"..Se por acaso surgir um carinha que não tem a menor chance com voce, não o ignore e nem fale mal dele, por favor!"

E foi na festa que as coisas mudaram pra Rosinha.. Quando ela conversa com a Dj, e deixa o número de telefone dela pra  que ela avisasse da próxima vez que estivesse na cidade. Foi quando começou a história com Phil. Apaixonada, a princesa começa a compartilhar as coisas da sua vida com a garoto, eles se falam todos os dias por messagens, sem que ela conheça sequer o rosto dele - o que é bem estranho porque pensando bem, a gente vê tantos caso por aí de gente ruim que se passa por gente legal - Mas o Phil era realmente legal e gente boa! (ufa!) Só que o que ela nem podia imaginar era que a ligação com esse garoto principe , vinha de muito antes.

Quando eles decidem se ver - ela o convida pra uma apresentação na escola, onde teria um publico e não seria perigoso, caso eles não fosse quem ela pensava ser.  É aí que a bruxa aparece de novo na história. Phil viaja e tem o celular roubado.. Mallevile consegue chegar até Anna Rosa e quase consegue tirar-lhe a vida. Só que ao atentar contra a vida da princesa e tentar  fugir, é atropelada e morre.

Rosinha volta a ser a Áurea e a viver com os pais, só que  como nada é tão simples assim, depois de tudo o que passara ela esta certa de que Phil era mesmo aliado da malvada, e então ela não queria mais saber de vê-lo, Só que o destino que um dia (na infância em Linchestein) os separara, é o mesmo que os colocara frente a frete novamente  (ownt!) Deu pra entender agora, o porque desse livro ter me conquistado tanto, assim? Mas, agora chega né? pra você saber como termina essa história, e se Anna Áurea Rosa dará uma chance ao amor (Phil) você vai ter que ler o livro, claro. 

tumblr_noidqcCqmZ1uo9u24o1_500.gif (500×262)

"Depois da primeira noite, ouvir aquela voz se tornou essencial. Era como se meu dia só ficasse completo assim; acho que eu poderia viver sem ar, mas não sem ouvi-lo dizer meu nome."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Inspiraflor | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2017 | POR:
NOS VISITEVIRANDO AMOR