09/01/2017

SE ENLOUQUECER NÃO SE APAIXONE (FILME)

SE ENLOUQUECER NÃO SE APAIXONE

Faz um bom tempo que esse filme estava na listinha dos "filmes que tenho que ver" (E olha que ele estreou em 2010) Mas tudo bem, eu sou assim meio atrasadinha pra ver filmes, séries e afins. O negócio é que desde quando estreia eu fico tipo "TENHO QUE VER ESSES FILME" mas ai quando tá no auge e todo mundo comentando eu meio que deixo de lado, como se não tivesse interesse. Aí só depois de um tempo que me inspiro pra ver.

No filme voce conhece o personagem principal, Craig, ele tem 16 anos e ele está passando por um período difícil de depressão. Basicamente o inicio do filme começa com uma tentativa de suicídio. Mas, ao invés disso, ele resolve ir procurar ajuda, em uma clínica psiquiátrica.

It's a kind of a funny story (É uma história meio que engraçada)  

Em tradução livre seria esse o nome do filme, que aliás só agora descobri também que era um livro. (Veja a versão em português pela Editora Leya) É mesmo uma história que, mesmo passando pelo drama da vida pessoal e psicológicas de cada um dos personagens, trata de um tema sério, mas com humor que ao mesmo tempo que te ensina algo, te diverte, entende?

E esse tipo de filme ou história que eu gosto de ver ou ler. Não gosto de ver aqueles filmes sobre pessoas tão depressivas que não conseguem ver o lado bom das coisas, aquele tipo de filme que só mostra o lado ruim, como se a  pessoa enterrada na dor, não pudesse ou devesse dar a volta por cima. Não gosto, não suporto vitimismos! Sabe aquele tipo de pessoa que coloca a depressão como desculpa pra nao superar as dificuldades da vida e simplesmente se fecha pro mundo?

Sei que, em se falando de depressão como uma doença séria, ela leva muitas pessoas, principalmente jovens a cometerem suícidio, e isso são dados que a  cada dia só pioram. O fato não é que eu ache que a pessoa depressiva tenha condições de se erguer e ter coragem pra superar suas dores e traumas sozinhas, o que eu quero dizer, é que a mídia que tem influencia sobre os jovens, deveria mostrar mais o lado positivo, o humor, a superação, a garra e a força de vontade acima de tudo, pra que muitas dessas pessoas se inspirem a melhorar. Só que o que mais vemos na maioria dos filmes para esse tipo de público é exatamente o contrário (muita pressão pra ser perfeito, o corpo perfeito, a profissão dos sonhos, o príncipe como namorado e por aí vai..)

http://focusfeaturesmedia.com/uploads/image/mediafile/1283287534-26934548cd4dc4d3b0764898376c6a77/x950.jpg http://br.web.img3.acsta.net/r_1280_720/medias/nmedia/18/78/75/88/19762309.jpg
Superação da depressão 

Emma Roberts (Noelle) e Zach Galifianakis (Bobby) foram 2 personagens que eu considero como essenciais, pela proximidade que eles tiveram com Craig, o ajudaram a enxergar o quanto ele tinha de valioso, e não podia sequer ver isso em si mesmo, mas aquelas pessoas que também carregavam seus traumas e transtornos, viam nele o que ele não via e a motivaram a superar isso (por mais pessoas como eles no mundo!!!)

É mais ou menos isso que acontece realmente na vida constantemente nós podemos estar olhando pra vida dos outros e pensando que elas têm tudo e que não há nada em nós mesmos que valha á pena. Os sentimentos depressivos costumam começar a partir disso. O que eu venho aprendendo desde que também tive que passar por um tratamento ant-depressão, é que, depois da ajuda dos profissionais e do apoio e motivação por parte das pessoas importantes nas nossas vidas, é muito muito muito importante que voce abra os olhos e comece a enxergar a si mesmo como os olhos de alguém que realmente ama. E que, voce deve, MESMO QUE SEJA DIFÍCIL, APRENDER A SE AMAR.(É O SEGREDO MAIS VALIOSO PRA DEIXAR A FASE RUIM PRA TRÁS, PODE ACREDITAR!)
Eu indico o filme a todos (aos que já enfrentaram a depressão ou não) é ótimo e  voce vai encontrar nele algo que te lembre "O lado bom da vida" e "As vantagens de ser invisível" 💕

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Inspiraflor | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2017 | POR:
NOS VISITEVIRANDO AMOR